ESTE BLOG FOI CRIADO PARA INFORMAR A TODOS QUE O VISITEM QUEM É JOAQUIM E O QUE PODE SER FEITO PARA AJUDÁ-LO
A SUPERAR AS CONSEQUÊNCIAS DE UM PARTO COM COMPLICAÇÕES. INFORME-SE SOBRE NOSSA CAMPANHA, AJUDE A DIVULGÁ-LA E CONTRIBUA.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Muita esperança

Final de semana retrasado não acreditei quando dei de cara com uma reportagem sobre uma garotinha linda de 1 ano e 9 meses, chamada Clara, que acabava de retornar da China. Foi até lá para fazer aplicações de células tronco para tratar seu caso de Paralisia Cerebral!!! Seus pais garantiam na reportagem que haviam ocorridos melhoras bastante significativas ainda na China, na segunda aplicação. Ao total ela tomou 6!!! Ela já comia sólidos como feijão, arroz e carne desfiada. Antes ela apenas se alimentava de comida pastosa. Sustenta bem a cabeça, consegue firmar seu tronco e andar no colo de seus pais por alguns instantes. A cognição também está melhor. Avanços em dias esperados ansiosamente por meses.

Em menos de 1h entrei em contato com o pai de Clara, Carlos – ele retornou por telefone o contato que fiz através do site http://www.blogger.com/www.umrealporumsonho.com.br. Ele está muito entusiasmado com o efeito do tratamento. Fez analogia com a construção de um prédio de 10 andares. Disse que Clara assim como Joaquim faz uma série de tratamentos: fisio, fono e hidroterapia desde que nasceu. Mas que não havia sequer chegado ao primeiro andar. Com o tratamento na China ela havia chegado ao quinto. Agora teria condições de se desenvolver mais... Chegar ao décimo ou ao menos perto do décimo andar.

Eu diria que Joaquim está no segundo andar. Mas o quero no décimo primeiro! E porque não. Sei de alguns casos de melhoras surpreendentes. E o Joaquim é uma criança que luta como um gigante e vai conseguir se recuperar.

Falamos algumas vezes ao telefone e marcamos um encontro. A Clara realmente faz tudo o que eles disseram que ela fazia. É bem verdade que não a conheci antes, porém constatamos que ela responde a alguns comandos dos pais como, por exemplo mexendo apenas um bracinho na brincadeira do “toca aqui”. Que o pai e mãe fazem com ela estendendo suas mãos esperando a mão dela ao encontro da deles. Antes ela não conseguia, porque todo o seu corpo iniciava o movimento de forma involuntária. Quando ele a coloca para um exercício de andar ela sorri e já coordena melhor as perninhas, sem traçá-las e pisar no próprio pezinho.

É dito que este tratamento com células troco tem o risco de provocar câncer ou gerar tumores, mas já perdi pessoas próximas exatamente por causa dessas doenças. Eram pessoas muito queridas e que por coincidência ou não levavam uma vida regrada e saudável. E que risco havia no parto do Joaquim que não poderia ser contornado como em outros casos. O parto normal existe juntamente com a humanidade. Como ainda perdemos nossas crianças quando elas deveriam nascer ou comprometemos suas vidas de forma tão brutal?! E porque não arriscar num tratamento que lhe pode devolver o direito a vida?!

Decidi (e não quero ouvir que não foi minha culpa o que houve, é obrigação e direito de toda mãe cuidar de seu bebê) pelo Joaquim de forma equivocada. Agora quero usufruir o direito de pelo menos tentar corrigir este erro.

Hoje moramos eu, Joaquim e João em Recife. Mudei do Rio de Janeiro para Recife no início de novembro para tentar montar uma melhor estrutura para o tratamento dele tendo em vista que poderia ter mais ajuda da família e pelo custo de vida ser mais baixo. Pedi demissão já que não havia em curto ou médio prazo perspectiva de transferência. São muitas e difíceis as orientações de cuidar de uma criança que precisa de atenção especial. Difícil para os pais, que dirá para pessoas sem um maior envolvimento ou vínculo com a criança – como babás ou creches. Definitivamente era necessário que o Joaquim recebesse uma atenção triplicada no seu primeiro ano de vida. Para qualquer criança sabemos o quanto é significativo seu primeiro e segundo anos de vida.

E agora temos uma chance grande de melhora. Não esperamos uma cura a jato. Mas sim ansiamos promover uma possibilidade real e concreta de resposta aos tratamentos que sem dúvida ele deve continuar e inclusive intensificar!!!

Já plantei uma árvore, tive dois filhos espetaculares e vou escrever meu livro junto com eles. E com certeza com um final feliz...

Sandra

3 comentários

Pablo disse...

Joaquim,
precisamos conversar antes da sua ida...Papo de homem, você sabe! São dicas que somente o tiozão aqui pode dar!
"Tâmo junto meu garoto"!

bjs

Maire disse...

Força e fé!
vamos ajudar de alguma maneira.

Mano e Maire

Anônimo disse...

Olá!Pequeno e lindo Joaquim
Sou de NH-RS,achei teu blog no site da Olivinha.

Querido,gotaria de dizer que eu e meu bebe(estou gravida de 4 meses)vamos ficar aqui numa corrente de oração e muito amor por você.

Mamãe,continua firme,vai dar tudo certo e o Joaquim vai sim chegar ao 11º andar.

Muita sorte e saúde a vocês.

Fiquem com Deus.

Beijos
Maise

Postar um comentário

Outubro 2011

Outubro 2011
Lindo demais!!!!

Gostosura